12.6.16

Por que a moda sem gênero é tão importante?



O assunto voltou a ter atenção ano passado depois de alguns desfiles de moda.Sendo assim, muitas marcas, principalmente as fast fashions, adotaram a ideia para suas coleções de maneira extremamente superficial. É vergonhoso ver uma campanha que resume o tema em calça jeans e moletom, principalmente quando vem de uma marca reconhecida mundialmente.  A interpretação que podemos ter é que  a marca quis abafar o assunto (leia-se evitar a polêmica que o assunto provoca).E não podemos permitir isso como algo natural. 



Gabrielle Chanel foi a pioneira neste assunto quando optou por usar calças em vez de vestidos volumosos para andar a cavalo ou caminhar, quando preferiu usar chapéus simples do que os extravagantes que pesavam na cabeça. É perceptível que Chanel pensou em todo o momento em seu conforto conforme seus ideais de estilo.  Marc Jacobs, um estilista norte-americano, inseriu em seu guarda roupa e em suas coleções, saias, levantando esta bandeira tão importante. E você consegue concordar que a moda sem gênero se resume em uma cartela de cores básicas, roupas largas, jeans e pijama?!

A moda sem gênero vai muito além disso. Roupas para homens e mulheres significa roupas com respectivas modelagens, sem restrição de cor e estampa.Quantas vezes você já entrou em uma loja e percebeu que as estampas da seção masculinas são muito mais interessantes do que os repetitivos florais e listrados da seção feminina? E quantas vezes você viu um homem torcendo o pescoço para uma camisa rosa (muitas vezes, não por não gostar, mas por pensar o que os amigos vão pensar quando os ver com uma camisa com cor de mulher)? 

A moda sendo uma representação pessoal, não deve impor limites. Ela deve ser encarada como uma forma de expressão para ser o que se quiser ser.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Paris de Priscila 2016 © Todos os Direitos Reservados

Design & Desenvolvimento por Moonly Design | Imagens Cabeçalho por Freepik