26.6.16

Hoje eu sonhei com você


   Demorei para dormir esta madrugada. Rolei tantas vezes pela cama e coloquei a culpa no calor, no frio e no travesseiro gelado, mas meu pensamento traiçoeiro insistia na sua barba rala, seu riso largo e no seu jeito manso que você me abraça.  Mesmo sendo a pessoa mais irritante que existe, eu senti sua falta nos últimos meses e hoje antes de dormir.  É estranho dizer isso depois de termos brigado por um motivo que no momento vira a coisa mais importante do mundo e quando viramos as costas, percebemos que não era tão significante assim.
   Li seu boa noite e logo peguei no sono. Acho que foi por isso que hoje eu sonhei com você. Lembro vagamente que andávamos por todos os lados e não víamos ninguém e não parecíamos importar com isso. Acordei reconfortada porque é desse jeito que eu sinto que você está por perto. 
   Nós brigamos o tempo todo, mas não vivemos sem o outro. Você me irrita o tempo todo e eu te odeio tanto por isso. Mas amo ainda mais por isso também.Ao preparar meu café, eu percebi que estamos o tempo todo juntos, mas nunca ficamos juntos. As nossas diferenças gritam toda a vez que nós tentamos, mas são elas que nos encaixam. Já tentei me afastar, te esquecer e tomar uma garrafa de vinho sozinha, mas nada é tão divertido quando você não está. Quis te contar cada detalhe que acontecia comigo. Nem se fosse para você ri comigo ou de mim. Eu quis estar por perto quando aquele seu plano não sai da forma exata que você planejou para te dizer que ainda tem tempo demais.  
   O nosso tempo pode não ser tão longo assim, mas temos o hoje, meu bem. Eu quero nós por só por hoje. E desejo que o nosso hoje se repita a cada amanhecer. Promete que virá me irritar pela manhã, brigar a tarde e voltar pra me ver toda noite? Eu deixo você dormir aqui só por hoje.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Paris de Priscila 2016 © Todos os Direitos Reservados

Design & Desenvolvimento por Moonly Design | Imagens Cabeçalho por Freepik