23.1.14

Infelizmente


        
        A vida me trouxe mais uma surpresa, uma surpresa vinda de mim mesma. Há poucos meses atrás, você era uma necessidade vital. Não dava para imaginar minha vida sem o seu sorriso.  Ainda quando me lembro de nós, os olhos se enchem de lágrimas, uma dor que está me sufocando. Acontece que você achou melhor trilhar outro caminho que não me incluía no roteiro. Não te culpo por isso, espero que você seja muito feliz, de coração.

       Como eu me arrependo dos minutos de briga. “Sem eles nossa relação não iria crescer”, você diria mesmo odiando esses minutos como eu. Eu errei muito contigo, não sabia o porquê de alguém como ti está comigo, logo comigo. Junto com o nosso amor, veio a felicidade, que resultou em admiração. Você me pediu para eu ser sua amiga, mas eu não consigo, não hoje. Acredito que seja melhor você ai e eu cá.

        Um dos seus defeitos é muitas vezes você fala sem pensar e logo se arrepende. E é este o meu maior medo.  Você jogou tudo ao alto. Sua maior vontade é de mudar de vida. Mas Essa mudança não está te melhorando. Você ouve muito os outros. Deve acreditar mais em você, que você pode muito mais. Até parece que você vai ligar para a minha opinião...


     Cuidado, muito cuidado para não se arrepender, por mais que eu te ame, nós não vamos voltar.

2 comentários:

Paris de Priscila 2016 © Todos os Direitos Reservados

Design & Desenvolvimento por Moonly Design | Imagens Cabeçalho por Freepik